Para você...

(...)

Ah, mãe... 
Ah, minha rainha e doce amiga...

Este mundo ficou tão sem sentido
com a sua partida.

Sinto uma saudade imensa do seu amor,
da sua proteção, do seu sorriso, do seu colo,
das suas filosofias, dos seus ensinamentos,
das suas histórias, dos seus conselhos, 
do seu humor, do seu olhar, do seu abraço...

Que saudade!
Que saudade!
Que saudade!

Mas eu sei que
você cumpriu a sua missão
muito bem.

Você foi a melhor mãe
do mundo.

E sei que continuará sendo,
aí do céu,
o meu anjo protetor.

Amarei você 
para sempre.

Obrigada 
por tudo!

Continuarei.
Seguirei firma e forte. 
Encontrarei forças.
Conquistarei os nossos sonhos.
E voltarei a sorrir...

Por você.
Para você.

Amor eterno.

Escrito por Aline Goulart

P.S.: eis aqui a minha última postagem deste ano. Não tenho mais nada a dizer. Só sentir... 

Estrela

(...) 

uma das poesias 
mais belas
da minha vida,

de um elo
imensurável

e de um amor
incontestável,

partiu 

: para ser estrela.

Escrito por Aline Goulart

Singular

Eu não gosto de comparações. 
Geralmente, 
tais comparações são injustas 
ou não condizem com a realidade. 

Ainda mais 
quando a comparação é em relação 
ao verbo sentir. 

Ninguém pode mensurar 
o que outro sente. 

Cada sentimento tem o seu valor. 
Tem a sua história. Tem a sua marca. 

Por isso, eu digo: 
cada um sente de forma singular, 
única e especial.

Escrito por Aline Goulart

❋ Layout e conteúdo por Aline Goulart.
❋ Todos direitos reservados © 2012-2016.
| Voltar para o topo ▲ |