Sr. Ousado

N√£o presumo nada. Investigo minuciosamente cada detalhe. Tu nem percebes. Nem ir√° perceber. O meu instinto √© investigar a alma humana. A minha preferida tem sido a sua. O seu olhar √© meu campo emp√≠rico. Suas palavras uma quest√£o filos√≥fica. Preciso te conhecer. Gosto de desvendar mist√©rios. Ainda mais voc√™: um simples rapaz que entrou em minha vida falando em amor. Digo, antem√£o, n√£o quero me fazer entendida, pois essa hist√≥ria √© uma inc√≥gnita. Escrevo-te em linhas misteriosas. Talvez, nessa grande busca, eu encontre algum sentido nessa equa√ß√£o: eu + voc√™ = n√≥s. Quero compreender como voc√™ pode ter mexido tanto comigo: para ter sa√≠do da segunda pessoa do singular, para primeira pessoa do plural. Quem √© voc√™ que me tirou da absoluta tranquilidade e sossego? Quem √© voc√™ que faz o meu cora√ß√£o acelerar? Quem √© voc√™ que faz parte dos meus pensamentos di√°rios? Sr. Ousado, quem √© voc√™?

Escrito por Aline Goulart

4 coment√°rios :

  1. Talvez seja o amor que voltou a sua vida minha querida Aline.
    Agora cabe a você decidir se deixar ele se instalar ou não...


    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  2. Talvez seja o amor que resolveu voltar pra sua vida Aline querida. E quem sabe desta vez n√£o seja pra ficar pra sempre?
    Agora cabe a você deixá-lo se instalar ou não...


    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  3. Oi,Aline!A vida é assim cheia de surpresas e quando e de onde a gente menos espera as coisas vem.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  4. A vida é uma caixinha de surpresa. Às vezes, não sabemos os motivos que nos levam a escolher determinado caminho ou pessoa. Só que nada é em vão.

    ResponderExcluir

Layout e conte√ļdo por Aline Goulart.
Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo |