Busca

Por ser muito, 
entrego-me de corpo e alma. 
Vivo intensamente. 
Sinto profundamente. 
Não sei viver no raso. 
Vou fundo nas profundezas da vida. 
Buscando encontrar o meu limite. 
Procurando os braços que vão abrigar tudo isso que sou.
Tudo aquilo que poderei ser.

Escrito por Aline Goulart
P.S.: Se o interesse é raso, não me convém.

5 comentários :

  1. Passando pra xeretar... e desejar uma boa semana bjs

    ResponderExcluir
  2. Bom dia,Aline!Também não sei ser rasa quando me jogo me jogo de cabeça por isso tantas e tantas vezes já me machuquei por isso agora vivo com os dois pés atrás.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, Aline. Sempre lindo e profundo os teus poemas.
    Aprofundar-se nos sentimentos é sempre melhor do que vivermos na superficialidade.
    É um risco que corremos uma vez que conhecemos o outro lado da pessoa que convivemos, da vida e das filosofias pregadas.
    Ainda assim, prefiro.
    Estou retomando as minhas atividades no face e nos blogs, onde fui impedida por motivos de saúde na família e comigo.
    Tenha um 2013 de paz e saúde.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir

❋ Layout e conteúdo por Aline Goulart.
❋ Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo ▲ |