Sou atreVIDA

Em todas as voltas, 
retornei mais forte. 
Apesar dos problemas, 
das dificuldades diárias, 
sempre procurei me manter
firme na minha fé. 
De vez em quando, 
acordo meio cansada do mundo 
e reclamo rebeldemente, 
mas isso logo passa. 
A fé que mora aqui dentro 
logo desperta 
e uma coragem bonita ressurge. 
Entre sobreviver e viver, 
a minha opção é por viver. 
Não quero passar pela vida, 
eu quero vivê-la,
apesar de todos os desafios.
Afinal,
eu sou atreVIDA.

Escrito por Aline Goulart

10 comentários :

  1. E ta mais que certa, viva e se possível sem medo.
    Muita fé sempre pra ti!
    Belo poema!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito legal e precisamos um pouco de atrevimento pra viver! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. O mais legal da vida são as várias possibilidades que ela nos oferece...cada dia é um novo dia e se a gente anda com fé, podemos tornar este dia espetacular...é bom acordar e ver que foi nos dado uma nova chance a cada dia de fazer mudanças, transformar...isso é liberdade, isso é vida...beijos...

    ResponderExcluir
  4. E a gente terminar o dia lendo um belissimo texto desse não tem preço!!
    sensacional!!

    bjss flor

    ResponderExcluir
  5. Se não lançarmos mão da teimosia poética, presente em atitudes...
    Fica quase impossível avançar.
    Lindo texto, Aline!

    bjok
    .
    L.L.

    ResponderExcluir
  6. Adorei o teu AtreVIDA.
    Criatividade não te falta.
    E este poema é excelente, não só na forma mas também no conteúdo.
    Aline, minha amiga, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Precioso poema .Feliz final de semana.beijocas.

    ResponderExcluir
  8. Aline, somos atreVIDAS! ♥
    Porque o cansaço que nos abate de vez em quando é bem menor do que a nossa vontade de viver e aproveitar cada segundo da melhor forma possível (com muita poesia e muito amor, claro).

    Um abraço!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir

❋ Layout e conteúdo por Aline Goulart.
❋ Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo ▲ |