Frase solta XVIII

√Č na simplicidade
que inauguro os versos mais puros
do verbo sentir.

[Minha alma clama pela poesia que pulsa na batida das emo√ß√Ķes...]

Escrito por Aline Goulart

10 coment√°rios :

  1. Boa noite Aline. é justo o que mais queremos ver nas pessoas a simplicidade do espirito que esta um degrau acima da alma.. e veremos isso acontecer ainda.. uma linda noite e um ótimo feriadão a vc tb bjs

    ResponderExcluir
  2. Num poema enorme de significado, acabo de ter uma aula de musicalidade. T√£o gratuita assim, como abrir e ler. Reli sete vezes. N√£o por supersti√ß√£o, mas por gosto. “Inauguro...” – “Puros...” – “versos...” – “verbo...”. Sonoridades (per)feitas na simplicidade do sentir... Digo-te uma coisa: empresta-me teus dedos?!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. √Č pela for√ßa desse pulsar que sempre volto aqui.
    Lindo!
    O/

    bjo Aline

    ResponderExcluir
  4. lindissimo!!

    bjokas e um fds regadinho de alegrias =)

    ResponderExcluir
  5. √Č na simplicidade da vida, e das coisas mais inusitadas que encontramos a beleza, e transportamos esse nosso sentir, atrav√©s da poesia.

    Lindo, parabéns amiga.

    Grande abraço,
    Fique na paz!

    Dan.
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Lindo e profundo!!
    √Č na simplicidade que demonstramos o verdadeiro sentimento!

    Beijocas :)

    ResponderExcluir
  7. A batida das emo√ß√Ķes √© o que embala a poesia. ;)

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  8. Aprendi que a felicidade é simples! que nao se precisa brigar, discutir. A calma e a paz que ela traz é o sinal que tá tudo certo!

    ResponderExcluir

Layout e conte√ļdo por Aline Goulart.
Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo |