Imediatismo

(...) há certos amores que são tão eternos,
 apesar do prometido, que ao dobrarem na primeira esquina 
já começam à viver um novo e eterno grande "amor". Amor?

...

Vivemos no mundo do imediatismo. É tudo para ontem. 
Inclusive nos relacionamentos. 
As pessoas não se conhecem mais. É tudo ou nada. 
Se conhecem hoje. Amanhã já é “amor”. Se não é... bye, bye. 
Não há espaço para deixar o sentimento fluir. 
É nesse "tudo ou nada" que os relacionamentos não se mantém hoje em dia.
Há muita paixonite aguda querendo se passar por amor.
Não há paciência para a verdadeira conquista.

Eu não nasci para ser pressionada. Muito menos o meu coração. 
A minha liberdade de sentir tem que nascer de forma leve e serena.

Escrito por Aline Goulart

19 comentários :

  1. É verdade flor as pessoas estão tratando o amor como um interruptor ligando e desligando sem se importar com o estrago que ele pode fazer...A beleza da suavidade de conversar e conhecer pausadamente e construir em alicerces seguros um relacionamento esta cada vez mais raro...Que os olhos sejam abertos para a sinceridade do sentir.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ninguém aguenta ser pressionada em NADA! Lindas palavras! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Aline.. moça querida, que sempre nos presenteia com a riqueza de suas palavras.. post este que gostei muito.. outro dia ouvindo um audio da cristina cairo.. ela falou dos ficantes e eu concordo com ela.. ela disse
    ficantes são pessoas vazias.. sem conteudo.. beijam tantos numa noite pq se abrissem a boca não sairia conversa algum com validez.. eu penso que hj em dia é uma baboseira.. muito mais vale vc sentar num restaurante e conversar um papo cabeça.. do que ir nestas festas onde rola música degradante, bebidas e drogas.. e todo mundo volta para casa achando que a noite foi maravilhosa.. se soubessem a perda de energia que se tem em lugares assim.. muita gente ficaria em casa comendo pipoca.. hj em dia muitos dizem meu amor.. que é só pretexto para irem para a cama fazer sexo e não amor.. virarem para o lado e não sentirem nada além de um vazio..
    estou a fazer sonetos a vcs que sempre estão a me ler.. se me permitir fazer um a vc.. me de um retorno ok Aline.. me falando um pouco dos teus gostos enfim..
    mande-me por email se assim desejar beijos e até sempre
    lapidandoversos@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. Grande verdade.
    A palavra amor tem sido banalizada aos 4 ventos.
    E o sentido do amor próprio é o primeiro a se desmoronar.

    Uma ótima semana, Aline!
    bjok

    ResponderExcluir
  5. perfeito Line.

    Muitos relacionamentos vivem no egoísmo.
    E quem disse que amor de verdade é egoísta?

    bjokas com carinho =)

    ResponderExcluir
  6. Concordo plenamente. Amor é o sentimento mais propalado e menos conhecido da terra. Todos amam e quase ninguém ama. Porque amor é tempo, é plantio, é a longa semeadura, a longa espera do broto na terra, o suave e contínuo crescimento, o caule, a folha, a flor. O mais é ralite, é fiquite, é bobeirite, é paixonite, é numerite - não é amor. Abraçosss

    ResponderExcluir
  7. Não é de hoje que os humanos se vestem de urgência. O problema nem é tanto a pressa, acredito. É mais o fato de que os apressados tem mania de olhar para o próprio umbigo. "quero o que é bom para mim, se você não puder me dar, a vida segue".

    Perdemos a arte de conquistar e, sobretudo, a arte de ceder.

    ResponderExcluir
  8. Estás com toda razão. Com o coração de alguém não se brinca, e muito menos é para ser iludido. Se bem que o "amor" que muitos chamam hoje está banalizado como algo mero. Contudo, o verdadeiro amor liberta quem está aprisionado em uma mera paixão; num mero sentimento sofredor. Assim o amor aparece junto com tudo o que for leve e forte, calmo e grande e sereno também. Há quem compreenda totalmente o amor senão seu portador?
    Beijos
    Belo escrito

    ResponderExcluir
  9. Olá Aline
    Infelizmente é assim mesmo. Fazemos tudo com pressa hoje e não conseguimos mais aproveitar nem as coisas boas da vida. E como precisamos parar para nos conhecer melhor e não conseguimos nem conhecer a gente mesmo, quanto mais os outros. E passa tão rápido a vida e quando a gente ver não temos tempo para mais nada.
    Grande abraço.
    Blog Fernu Fala II
    Siga no Twitter

    ResponderExcluir
  10. Ei amiga, estou meio sumida dos blogues...mas passando aqui para deixar meu comentário...também acho isso que você escreveu....e estou passando pelo mesmo...está tudo assim:tudo ou nada...beijo

    ResponderExcluir
  11. Ah, que saudades de passar por aqui! tem um tempinhos que não consigo frequentar meus blogs queridos devido ao fim da gravidez.. agora que nasceu minha princesa, ficou mais dificil ainda.. rsrs, Mas sempre que eu puder, estarei por aqui! Beijosss!!!

    ResponderExcluir
  12. Concordo inteiramente com o que dizes.
    As relações entre as pessoas, sejam elas de amor ou de amizade, não podem ser do tipo fast food.
    Aline, tem uma boa semana.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  13. Acho que o quisito amor é o único que não tenho pressa, que não tenho urgência.
    Já o resto quero pra ontem.

    Lindo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Aline, vc sempre fala coisas q eu preciso ouvir! ops ler!
    eu gosto de coisas bem resolvidas! mas acho q preciso ser mais paciente né?

    ResponderExcluir
  15. Parece que o mundo anda com pressa. E não precisa disso;. As pessoas não tem mais paciência de esperar e deixar que o tempo lhes mostre o caminho. Os amores não tem mais graça porque não foram cosntruídos, eles simplesmente aparecem. Não temos mais tempo de conhecer as pessoas pelas quais nos apaixonamos e tudo termina com a mesma rapidez que começou. É trsite.
    Seu blog é muito bom :)
    Beijão
    barradosno-baile.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. É verdade, é tão linda a conquista, a paciências das coisas, o imediatismo do mundo é complicado e triste.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Olá Aline, lindo e verdadeiro texto. Concordo, acho que não estamos vivendo, estamos deixando a vida passar. Eu estou assim, os trabalhos me impedem de viver mais e isto não é bom.
    Adorei!
    Querida, desejo que você tenha muitas alegrias na sua vida. A alegria só brilha nos olhos de quem sabe curtir a emoção de simplesmente viver...
    Por isso viva com disposição e entusiasmo,
    realizando os seus sonhos e que este período natalino seja de harmonia e paz e se estenda para todo sempre.
    Uma linda noite e um amanhecer Il abençoado.
    Bjuss
    Lourdes Duarte
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oooooi! tudo bem?
    Eu sei que dei uma bela sumida, mas estou com saudades!
    saudades do seu blog e das coisas que escreve :D
    Desculpe a minha ausência, eu tava num semestre do cão na faculdade.
    Agora estou de férias e serei uma leitora inteirinha sua ^^

    Adorei a postagem!

    E uma frase de presente pra vc:

    ''Não é bom dar o meu coração e minha alma
    Porque você já tem isso.
    Então, eu te trouxe um espelho.
    Olhe para si mesmo e lembre-se de mim.''

    Rumi

    Grande beijo! se cuida ;*

    ResponderExcluir
  19. A serenidade é uma das componentes principais da sabedoria e uma das principais aprendizagens da vida...Sabe Aline...passei, gostei muito e vou voltar...já estou a seguir!
    Bom dia
    Maria

    ResponderExcluir

❋ Layout e conteúdo por Aline Goulart.
❋ Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo ▲ |