Abrindo caminhos

O que tu viste breve, 
Na verdade,
 Foi uma pessoa perdida 
Buscando encontrar
 - Sem tempo a perder -
 O seu lugar no mundo. 

O que tu viste como frieza, 
Na verdade, 
Foi uma escolha 
Que exigiu o abandono. 

Abandono 
 De tudo aquilo 
Que n√£o evolu√≠a. 
Que n√£o seguia o fluxo 
Da vida e do tempo. 
Que ficou estagnado
E preso, 
Nos velhos sentimentos
E desejos do passado. 

 Abandonar 
Foi a melhor maneira 
De encontrar novos caminhos. 
De renascer.
De recome√ßar. 

Abandonar 
Foi √† op√ß√£o mais sensata, 
Pois viver exige escolhas.
Ali√°s, caro amigo, 
A vida n√£o espera. 
"O tempo n√£o para",
j√° dizia o mestre Cazuza.

E, o n√£o agir
√Č correr o risco
De perder 
As oportunidades
Que a vida nos oferece. 
E deixar a vida passar, 
Sem fazer nada
Pelos meus sonhos,
Não me convém.

Escrito por Aline Goulart

6 coment√°rios :

  1. Bom dia!
    Lindo poema, linda formação.
    Bjins
    Catiaho Alc.

    ResponderExcluir
  2. Abandono nunca é bom, mas tem certos momentos da vida que temos que abandonar o que não faz bem, o que não acrescenta nada. Uma dura missão, mas lá na frente a gente entende que foi o melhor.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Bela poesia. √Č uma tarefa dif√≠cil abandonar certas sentimentos e desejos, mas as vezes √© o caminho para encontrar o que realmente vale a pena para nossa vida. Acho que essa linda poesia, serve muito bem para o meu momento atual. Sou apaixonada pelas suas palavras.

    ResponderExcluir
  4. Deveras, ter que escolher é o bem e o mal de nossas vidas. Porque uma decisão precisa ser tomada, e é o momento, quase sempre, que nos conduz. Então, às vezes é breve e é frio o nosso estar e sair, estar e abandonar, porque a intuição nos empurrou a isto. E como isto é breve e frio no coração de quem fica. Sabemos, porque já estivemos do outro lado. A retratação destas realidades é tão linda neste poema, que eu tiraria o chapéu, se o usasse. Completo, belíssimo, perfeito. Beijossssss

    ResponderExcluir

❋ Layout e conte√ļdo por Aline Goulart.
❋ Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo ▲ |