Salvação

Quando o meu coração 
não suporta o peso do mundo, 
eu verso poesia. 
É um poema 
sem delírio
e sem rima.
Que somente busca, 
através das palavras tortas, 
importantíssimas pretensões: 
aliviar à alma, 
alimentar a fé,
transbordar sentimentos 
e salvar o (meu) dia.

Escrito por Aline Goulart

12 comentários :

  1. Versejas muito bem a poesia! Lindo! bjs, ótimo domingo! chica

    ResponderExcluir
  2. A poesia tem esse poder de salvar dias, salvar sorrisos e resgatar alegrias.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Aline. Gosto muito de vir aqui, sempre encontro belas poesias que me encantam.
    Quando escrevemos, criamos, certamente aliviamos a nossa alma de todas as dores deste mundo envolto em muitas vezes uma solidão amarga demais, que somente com versos se alivia.
    Tenha um domingo de paz!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Aline.. a poesia é a minha doença saudável srsr mas mesmo sem elas só o passar as palavras numa folha em branco e libertar nosso interior é sim para a alma o nosso melhor.. bjs e um lindo dia

    ResponderExcluir
  5. Lavando lindamente a alma.

    bjo de luz
    Ótimo domingo!
    =)

    ResponderExcluir
  6. Que lindo,Aline!Sempre nos surpreendendo e abrilhantando nossos dias com tuas doces e belas palavras.Uma ótima semana!Beijosss

    ResponderExcluir
  7. Boa noite! como vai?
    Queria que comigo isso funcionasse assim tão bem. Belos versos, doces.

    Avisando que tem nova postagem, confere?
    http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/

    Beijos, Deus abençoe

    ResponderExcluir
  8. palavras que matam na mesma medida que me salvam.

    ResponderExcluir
  9. CORRIGINDO:
    palavras me matam na mesma medida que me salvam.

    ResponderExcluir
  10. Boa noite, Aline. Já havia comentado nesta poesia, linda mesmo. Estou esperando você postar novas poesias. Coloquei o seu blog n minha lista, que fiz ontem. Adoro ler você.
    Assim, não perco nada.
    Beijos na alma e paz!

    ResponderExcluir
  11. Salvar é um verbo especial. Ele pressupõe o limite das forças vencido; pressupõe uma força externa ou um agente externo que empresta uma força interna antes inexistente ou desconhecida. Tu salvas poemas. Eles não teriam forças para vir à luz sozinhos. O caminho deles para nós é teu coração, tua mente, tuas mãos. Mas, vez por outra, são eles que te salvam. Eles são o caminho entre tua alma e o dia! É um elo muito forte. Aliás, considero que um elo tal como duas pessoas e o mesmo sentimento em ambas seja a maior fora do mundo. Beijossssssss

    ResponderExcluir
  12. E quando cê posta no blog, salva o seu dia, e o nosso também.
    <3

    ResponderExcluir

❋ Layout e conteúdo por Aline Goulart.
❋ Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo ▲ |