Do verbo mudar

Nem sempre
é sempre.

Aliás,
nunca é
muito tempo.

Viver é
transmutar.

E mudar também
faz parte.

Escrito por Aline Goulart

14 comentários :

  1. Para sempre por ora, nunca será senão agora.
    GK

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Aline.. o verbo mudar esta sempre agindo sobre nós.. só o que não se pode com este verbo é tentar mudar o outro..
    beijos e lindo final de semana

    ResponderExcluir
  3. Sempre é tempo de re-significar. rsrs

    Bjo de luz, Aline!
    Um ótimo domingo.

    =)

    ResponderExcluir
  4. Ain q fofo, sempre há mudanças para ocorrer!!

    beijoss!!

    ResponderExcluir
  5. Boa noite, Aline. Realmente rstamos sempre em uma mudança diária.
    É muito bom mostrar facetas da nossa personalidade que não conhecíamos.
    O que não dá é mudarmos para pior.
    Parabéns.
    Tenha uma noite de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  6. Muitas vezes necessário.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Mudar também é uma arte que poucos se propõem a tentar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Estamos sempre em constante mudanças! Nunca somos os mesmos =)

    ResponderExcluir
  9. Você como sempre dizendo tudo em poucas palavras!
    A vida é isso né, constante mutação ao longo do tempo.
    beijos.

    ResponderExcluir
  10. Transmutar é tomar a tentativa dos sempres que nem sempre são sempre e torna-la ou sempre ou aprendizado de vida! Mudar faz parte, deveras. Mudar a ti mesma e, se possível, sempre depois disso, partir para mudar o mundo de semelhante em semelhante! Belíssimo, como sempre! Beijosssssssssss estalados

    ResponderExcluir

  11. Obrigado amigo (a). Estou fazendo uma visita ao teu Blog. Meus parabéns pelos teus trabalhos e sucessos. Abraço de Manoel Limoeiro. Recife PE.
    '

    http://grupounidoderodafogo.blogspot.com.br/

    Recife, 11 de maio de 2015.


    ResponderExcluir

Layout e conteúdo por Aline Goulart.
Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo |