Do verbo existir

Aprendi a escrever 
em linhas tortas 
uma hist√≥ria sem pausas 
e sem enredo.
Uma hist√≥ria 
que fala sobre tudo 
e sobre o nada.
Uma hist√≥ria 
com muitas cores,
sentimentos, divaga√ß√Ķes, 
ang√ļstias, receios, 
sonhos e energia. 
Uma hist√≥ria recheada 
de alguns relatos inacabados, 
de alguns come√ßos com fins certos 
e alguns fins que se atrevem ser v√≠rgula 
pela aud√°cia da saudade. 
No fundo, uma hist√≥ria 
que evolui com os acontecimentos, 
pois nenhum destino certo lhe convém.
Uma p√°gina em branco 
que atrevidamente ser√° escrita, 
conforme o bailar do verbo ser
no palco do tempo
e da vida.

Escrito por Aline Goulart

11 coment√°rios :

  1. Boa noite, Aline.
    Realmente um poema forte, verdadeiro e lindooooo!
    Acredito que certos fins são inevitáveis, claros demais para quem passa por essa situação.
    Poetizou muito bem os aspectos da vida.
    Tenha um fim de semana abençoado.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  2. E assim será, assim existirá! Somos nada mais que essa história que escrevemos, com sonhos delineados pela expectativa, com finais que se atrevem a vírgulas, com o bailar do verbo ser, que às vezes é ser, às vezes é não ser, e as vezes é toda uma questão por se resolver, enquanto se vai existindo... Belíssimo. Belíssimo, belíssima! Beijossssssss o

    ResponderExcluir
  3. Muito lindo,Aline e tomara a p√°gina em branco seja bem preenchida... bjs, chica e vou aguardar as fotos!

    ResponderExcluir
  4. Viver é escrever na história.
    GK

    ResponderExcluir
  5. Bom dia querida Aline..
    assim somos todos nós..
    este misto de tudo e nada..
    do positivo e negativo..
    tudo em nós busca somente o equilibrio.. o alinhamento..
    beijos e feliz sempre

    ResponderExcluir
  6. Ol√° amei seu cantinho!!!!!!!!!! Seguindo!!!!!!!!
    http://gigicandy29.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Bravo, Aline!
    O espet√°culo continua.
    Bjo de luz


    L.L

    ResponderExcluir
  8. Uma bela história de amor pode facilmente preencher os espaços em branco. Que lindo!

    Saudades deste lugar, destas palavras suaves!

    beijo, fica com Deus!

    ResponderExcluir
  9. Levando suas palavras pro meu cantinho Aline! Qualquer problema me avise.

    ResponderExcluir
  10. Tua narrativa esta cada vez mais encantadora Aline.
    Linda!

    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Aline, suas palavras me encantam!
    Adorei esse trecho:
    "...fins que se atrevem ser vírgula pela audácia da saudade...".

    Um abraço.

    Blog || Fan Page

    ResponderExcluir

❋ Layout e conte√ļdo por Aline Goulart.
❋ Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo ▲ |