Nômade

(...)

Sinto-me errante. 

Pássaro solto. 

Que, uma vez ou outra, 
encontro-me abrigada 
nos versos de um poema 
qualquer.

Escrito por Aline Goulart

7 comentários :

  1. Os poemas te acolhem pois em ti mora a poesia! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo, Chica!
      Fiquei muito feliz com o seu comentário.
      Obrigada!

      Excluir
    2. Acho que essa frase significou perfeitamente você, Li. A poesia mora em você.

      Bjos, Si.

      Excluir
  2. Você é poesia pura, Aline.

    Belíssima postagem.

    ResponderExcluir
  3. por aqui escreve-se bem. Bom domingo!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. Efectivamente... mais tarde ou mais cedo... sempre nos identificamos, com os versos de um qualquer poema... a mais pura das verdades... e contudo... ainda não havia pensado nela...
    Bjs
    Ana

    ResponderExcluir

❋ Layout e conteúdo por Aline Goulart.
❋ Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo ▲ |