Poesia

»♥« Laurent Guetal, in: Le lac de l'Eychauda
O que ainda (co)move o mundo 
é a razão de sentir. 

Por isso,
a poesia é o que é

: a arte de celebrar
o verbo sentir.

Logo, 
nos comove...

Porque quando há poesia 
no olhar, 
tudo vira poesia. 

E, por consequência,
vira emoção.

(...)

A poesia não é conclusiva. 
É pura evolução!
Porque fala d'alma humana.
Porque fala de emoção.

Escrito por Aline Goulart

6 comentários :

  1. Você é a nossa poesia. Como você fala "pura emoção".

    Bjos, Si

    ResponderExcluir
  2. Eu não poderia concordar mais. Sentir é o que movimenta a vida. A poesia é o que salva.

    Sorte a nossa.

    ResponderExcluir
  3. Talvez sejamos o caminho da Poesia para expressar-se, quando nos damos a sentir as coisas como são e como gostaríamos que fosse. E talvez a Poesia seja o nosso caminho, quando fora dela não nos sintamos à vontade para sentir o que é e o que deveria ser. Seguindo-te.
    Um beijo, Line.

    ResponderExcluir
  4. Uma excelente dissertação poética, sobre poesia...
    Beijinhos.
    ~~~~

    ResponderExcluir
  5. "A arte de celebrar o verbo sentir", a poesia. Tão bela a definição, tão certa. Tão rente à alma de Poeta...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Pura poesia... é o que sempre me delicia, por aqui...
    Adorei este poema maravilhoso, celebrando a poesia...
    Beijinho
    Ana

    ResponderExcluir

❋ Layout e conteúdo por Aline Goulart.
❋ Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo ▲ |