O amor eleva

Mergulho nos teus olhos com carinho... 
Encontro dentro deles tanto amor... 
Amor que escrevo neste pergaminho 
Com perfumes suaves de uma flor; 

Contudo, nem toda poesia do mundo 
Pode descrever com exatidão este grande amor... 
Pois o amor que sinto é tão profundo 
Que agradeço todas as noites com louvor; 

E quando este amor toca o coração... 
Sorrisos eu vejo nos olhares contentes 
De ambos vivenciando sonhos inocentes; 

Não há sentimento mais bonito 
Que o amor verdadeiro... 
Este levamos para o infinito... 
Como algo jamais derradeiro; 

E tal sentimento por ti também sinto... 
Ele se faz puro e sereno... 
Na minha alma eu pressinto 
Um amor grande e não pequeno.

Escrito por Aline Goulart e Samuel Balbinot

8 comentários :

  1. Que legal! Adoro quando dois escritores se juntam para escrever.

    Belíssimo poema.

    Com certeza queremos mais.

    Bjos, Si

    ResponderExcluir
  2. Bom dia poetisa querida.. muito bom escrever na tua companhia..
    ficou muito belo, logo faremos mais deles.. bjs e feliz dia Aline

    ResponderExcluir
  3. O amor é lindo.
    E, se for grande, ainda mais lindo é...
    Magnífico poema, gostei muito.
    Bom domingo e boa semana, amiga Aline.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Parceria primorosa de dois
    sensíveis e talentosos poetas.
    Texto lindo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Excelente trabalho a duas mãos e a dois sentires...
    Está muito belo, querida amiga,
    Gostei muito,
    Beijinho.
    ~~~~~

    ResponderExcluir
  6. Muito belo este soneto de amor a "duas mãos". Parabéns aos dois.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Um lindo poema. Espero que muitos ainda virão. Adoro sua escrita e a do Samuel. Formaram uma boa dupla.
    Boa semana, e um excelente mês de março.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Mais um trabalho absolutamente extraordinário, a dois!
    De leitura deliciosa! Adorei cada palavra!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir

Layout e conteúdo por Aline Goulart.
Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo |