Por quê?

Indelicada eu sou com certas situações que não compreendo.
Logo, questiono.
Por quê? Por quê?
Igual uma criança curiosa sobre o mundo.
Não me convém pensar que só aconteceu porque aconteceu.
Quero saber o motivo de ser de cada acontecimento.

Faz parte da minha natureza.
Não nasci para ser convencida por respostas banais, simplórias, ilusórias, conformistas ou incompletas. 
Quero entender a profundida de cada evento. 
O conhecimento é um dos meus bálsamos, apesar de todos os pesares. 

Por isso, questiono.
Questiono... para refletir.
Questiono... para crescer.
Questiono... para acrescentar.
Questiono... para poder (vi)ver.
Questiono... para ser.

Escrito por Aline Goulart

4 comentários :

  1. E questiona muito bem, querida amiga.
    Um poema de sentimentos, apenas com delicadas metáforas.
    Bem construído e de uma beleza diáfana.
    ~~~ Beijinhos ~~~

    ResponderExcluir
  2. Só questionando é que aprendemos...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  3. Os questionamentos são importantes,as respostas que nos trazem fortalecem ou enfraquecem,contudo, saímos da escuridão, traz luz.
    Também penso como você.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  4. Questionar... significa que as coisas simplesmente não nos passam ao lado... sem nos interessarmos por elas...
    Questionar... é não ser indiferente perante o que a vida, tem para nos oferecer...
    Um tema muito bem abordado, Aline!
    Beijinho
    Ana

    ResponderExcluir

❋ Layout e conteúdo por Aline Goulart.
❋ Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo ▲ |