Eu

(...) 

sou 

: isso já é 
um ato de 
coragem.

Escrito por Aline Goulart

13 comentários :

  1. No conceito "clariciano" extremamente lúdico e, claro, vivo!

    Beijos! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a expressão "conceito clariciano".
      Afinal, eu sou mega fã da Clarice.

      Excluir
  2. Muito interessante, Aline.
    Beijinhos ternos
    ~~~

    ResponderExcluir
  3. Lindissimo quando nos reconhecemos!

    Abraço profundo.

    ResponderExcluir
  4. Aline!

    Parece que estamos compartilhando hoje alguma entidade conceitual a respeito do que se é. Tive uma conclusão meio parecida no meu último texto. Hahaha.

    Eu AMEI esses teus versos de hoje. São tão fortes que me tomaram inteira. Vou salvar.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Nem mais!...
    Ser... é um tremendo desafio!
    A grande maioria... apenas finge... que é...
    Beijinhos! Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  6. Ser é diferente de estar.
    É acção em vez de inacção.
    Gostei do seu post, também ele corajoso.
    Aline, um bom fim de semana.
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Bom dia amiga! Vim retribuir sua visita e o comentário que deixou, sempre engrandecendo a postagem. Serás sempre bem vinda ao meu cantinho, volte sempre.
    Amei o seu post, criativo e bem elaborado. Parabéns!

    Tenha um domingo feliz e um início de semana na paz, com muita saúde e felicidade. Abraços, Lourdes Duarte.
    Deixo os lingues dos meus blogs para quem desejar conhece-los e seguir. Ficarei grata!
    https://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. “Torna-te quem tu és", escreveu um certo Nietzsche há mais de 100 anos.
    Poucos entenderam, poucos entendem, pouquíssimos entenderão.
    Parabéns por ser. :)

    ResponderExcluir

❋ Layout e conteúdo por Aline Goulart.
❋ Todos direitos reservados © 2012-2017.
| Voltar para o topo ▲ |