Ora pois

E um determinado sentimento 
decretou: 

- Desconhe√ßo 
qualquer discrep√Ęncia. 
Afinal, sou amor.

Escrito por Aline Goulart

8 coment√°rios :

  1. Em bom tom Aline.
    O amor pode e deve.
    Bjs amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O amor não se importa com as diferenças. Ele simplesmente acontece.

      Beijinhos.

      Excluir
  2. Amor n√£o enxerga defeitos. √Č por isso que muitos falam que ele √© cego? Que imagem incr√≠vel. Combinou perfeitamente com o seu texto.

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Mas eu pergunto: será que ele é cego mesmo? Eis uma resposta que depende do ponto de vista, mas eu acho que o amor está muito além da nossa compreensão. Falamos muito dele, mas será que compreendemos realmente o seu propósito? O seu sentindo de existir?

      Beijinhos.

      Excluir
    2. Concordo plenamente com você. Lembrei da minha avó que falava o seguinte: o amor é muito mais que imaginamos. Acho que é por aí mesmo.

      Excluir
    3. A sua avó tem razão.

      Beijinhos.

      Excluir
  3. Que lindo, Aline!
    Promulgue-se t√£o belo decreto!
    O mundo precisa urgentemente de amor!...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, Ana! O mundo está órfão desse sentimento.

      Beijinhos.

      Excluir

● Layout e conte√ļdo por Aline Goulart.
● Todos direitos reservados © 2012-2018.
| Voltar para o topo |