Ou

O amor √© uma miragem 
no deserto da vida 

ou 

a vida √© uma corda-bamba 
muito fr√°gil para o amor?

Eis a quest√£o.

Escrito por Aline Goulart

2 coment√°rios :

  1. Talvez o amor seja a transforma√ß√£o das miragens em realidades palp√°veis, ainda que n√£o permanentes. Ele talvez seja o espa√ßo e o tempo entre a euforia do imposs√≠vel ser poss√≠vel e o desalento de n√£o poder ser eterno. Mas eu jamais pensei que, por isso, talvez n√£o dev√™ssemos amar. Eu sempre pensei que amar √© a √ļnica op√ß√£o aceit√°vel para o cora√ß√£o.

    ResponderExcluir
  2. √Č a vida que √© fr√°gil. O amor fortifica-a e torna-nos peritos da corda-bamba... Gostei muito da ideia.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir

● Layout e conte√ļdo por Aline Goulart.
● Todos direitos reservados © 2012-2018.
| Voltar para o topo |